Japonês gay tenta denunciar furto e recebe reação absurda da polícia: “e se você se apaixonar pelo ladrão?”

O escritor e ativista Ryosuke Nanasaki conta que não conseguiu registrar o furto de sua carteira em Tóquio depois que o detetive soube que ele e o criminoso eram gays.