A “doença misteriosa” que levou muitas mães ao pediatra depois do surgimento de manchas nos pés das crianças no Japão

Tóquio – Imagina que você está com o seu filho em um dia ensolarado, ele brinca normalmente, corre no jardim, volta para dentro de casa. Depois de algumas horas, você percebe algo de errado: o menino está com uma série de manchas marrons nos dois pés.

Preocupado que isto pode ser uma doença contagiosa, você quer saber se o garoto está se sentindo bem, tem algum outro sintoma ou manchas em outras partes do corpo. Não descobre nada além dos pés, mas não sossega. No dia seguinte, lá está você com a criança na sala de espera do pediatra.

O médico japonês, muito formal, chama o seu nome. Você entra na sala com o seu filho, mostra os pés da criança e pergunta se pode ser alguma doença contagiosa. O pediatra por sua vez, abre um sorriso e diz: “muitas crianças estão vindo consultar recentemente com o mesmo sintoma”.

Você não entende o sorriso do pediatra e então pergunta que tipo de doença está acometendo as crianças na região, incluindo o seu filho. O sorriso do médico se amplia e ele responde: “isto é, na verdade, bronzeado do sol nos buraquinhos do crocs”. Sem conseguir se conter, você e o médico caem na risada.

Leia também: Artistas japoneses transformam lixo do mar em arte e tentam conscientizar: “enquanto existirem humanos, teremos este problema”.

Histórias verídicas de crianças no Japão

Reprodução / Maidona News

Parece uma história fictícia, mas é real. Os casos chamaram atenção a ponto de serem relatados em uma matéria do portal japonês Maidona News, publicada na última quarta-feira (20).

O que fez as histórias ganharem visibilidade foi uma publicação no Twitter, da usuária @hentai_an4. Ela publicou a foto dos pés da filha com as manchas e contou que pensou que fosse púrpura, uma doença autoimune que a menina tem. Muito preocupada, ela levou o filha ao pediatra e deu o seguinte relato:

“Quando eu vi as manchas eu pensei que fosse púrpura. Essa doença pode começar com manchas claras nos pés, mas aos poucos se torna mais intensa, provoca fortes dores a ponto de não conseguir caminhar. Minha filha chegou a ficar meses na cama por causa disso, mas quando levei ao pediatra, o médico disse que tinham muitos casos recentes e eu pensei que fosse uma doença contagiosa”, explicou.

Quando soube que era simples manchas de sol, se tranquilizou e acabou rindo da situação. A publicação reuniu mais de 40 mil reações e muitas histórias parecidas. Embora seja engraçado, é melhor errar por excesso de cuidado do que pela falta. 

A recomendação médica é para levar as crianças em uma consulta quando surgir esse tipo de sintoma, pois pode ser mesmo uma doença de pele. Um internauta que compartilhou a publicação, chamou atenção com o seguinte relato:

“Ainda bem que foi só um bronzeado em forma de bolinhas neste caso. Eu tenho uma história também. Quando era criança, percebi que uma parte dos meus pés estava mais branca e pensamos que as partes mais escuras eram manchas de sol. Não fui consultar e a parte branca aumentou. Quando fui ao médico, descobri que era vitiligo”, comentou.

Por isso, tomar cuidado nunca é demais.

Gostou do texto? Siga a página do Japão sem Tarjas no Facebook e Instagram: @japaosemtarjas e acompanhe novas publicações.

Autor: Ana Paula Ramos

Jornalista e escritora, Ana tem sete anos de experiência no Japão, atuando como repórter na comunidade brasileira e como freelancer. Ela é a fundadora do Japão sem Tarjas e criadora do grupo ambiental "Por que você também não faz?". Em outubro de 2020, publicou o primeiro livro, "O Oitavo Andar", um suspense que se passa na cidade de Gramado. Em 2022 publicou o segundo livro, "O Diário da Minha Vida Ingrata", uma fantasia criada a partir de uma história real.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s